Tabela de Imposto de Renda

O empregado doméstico está sujeito a imposto de renda na fonte.

Através desta tabela é possível calcular o valor a deduzir do empregado no seu recibo mensal e, posteriormente, o empregador como fonte pagadora deve recolher o valor através da DAE.

Tabela de Imposto de Renda

Tabela de valores a deduzir no Imposto de Renda

Válida a partir do ano-calendário 2015

A Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF), que é feita pelo empregador doméstico, tem o intuito de informar à Receita Federal do Brasil os rendimentos pagos ou creditados no ano para seus empregados e o valor do imposto sobre a renda e contribuições retidos na fonte.

A DIRF deve ser entregue, caso a empregada doméstica tenha tido pelo menos um desconto de Imposto de Renda, dentre eles: descontos mensais no pagamento, férias, 13º salário ou rescisão. Ou quando o empregador pagou o montante bruto de R$ 28.559,70 durante o ano.

Através da tabela é possível calcular o valor a deduzir do empregado no seu recibo mensal e, posteriormente, o empregador deve recolher o valor através da DAE.

Observações:

  • Valor a deduzir por dependente = R$ 189,59;
  • Parcela isenta dos rendimentos provenientes de aposentadoria e pensão, pagos pela Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, por qualquer pessoa jurídica de direito público interno ou por entidade de previdência privada, a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos de idade: R$ 1.903,98.

Tabela do ano-calendário 2014

Observações:

  • Valor a deduzir por dependente = R$ 179,71;
  • Menor valor a recolher na fonte = R$ 10,00. Abaixo deste valor deverão ser acumuladas as novas retenções até atingir o valor mínimo de R$ 10,00.

Cadastre seu e-mail e fique sempre atualizado

Serviços recomendados

Gestão do eSocial

Regularização de histórico trabalhista

Cálculos e recibos de rescisão

Consultoria especializada